Cantigas de Reis, Trovadores e Peregrinos

“Chanter m’ estuet, preciso cantar; assim os Trovadores que viveram no sul da França, antiga Provença, iniciavam sua arte. Esta que se difundiu rapidamente para o Norte e pelos países vizinhos como a região da Itália, Alemanha e Espanha. Apaixonados pela poesia e música cantavam não só o fin´amor, mas também o amor profano, cantigas a Virgem, canções cortesãs e cantigas de cruzada.”

Esse projeto é referente à música medieval feita na Europa Latina, entre os séculos 12 e 15, compostas  por nobres, reis, trovadores e compositores desconhecidos.

O objetivo é mostrar uma parte da história da música que não é muito difundida em nosso país,  transportar o público aos tempos de castelos, reis, batalhas, amores idealizados e estimular a pesquisa da história da música e da arte.

As canções do espetáculo são cantadas  em francês, latim, galego português, occitano, provençal, italiano, ladino  e utilizam  citola, rabeca medieval,  flauta doce, oud, gaita de fole, percussão e mondo mandolin. A proposta é fazer um resgate puro e simples dessa música, de forma trovadoresca.

Video:

Fotos:

Olam Ein Sof - Cantigas Medievais (3)

Cd:

Capa

Contratar show: